Sobre a política

Tenho pensado em me disciplinar para a cada dia da semana escrever sobre um tema. A crônica ocuparia as segundas e, nos outros dias escrevia, por exemplo, sobre internet, política, literatura, filosofia e programas de computador. É ainda uma idéia. Veremos…

Sobre política, vinha pensando pela rua que nos falta – a eleitores e eleitos – grandeza.
O que é grandeza? A mistura de imaginação e generosidade.
Por que não experimentamos algumas propostas antes de adotá-las em definitivo?
As tais reformas trabalhistas, por exemplo. Por que, em política, não se pode fazer experiências?
Por outro lado, essa crença brasileira na política me parece uma espécie de totemismo.

3 Comentários

  1. ah! a idéia de tópicos diários me ajuda mto a manter a disciplina. é engraçado isso: a forma precede o conteúdo. no aikido, um sensei disse q primeiro aprendemos a fazer o movimento certo; depois, firme e forte; por último, bonito.percebo essa lógica de procedimento tanto na gramática qto na meditação. não começamos como virtuoses geniais: precisamos aprender a técnica, imitar a forma com perfeição para só então sair dela…um abraço!

  2. weber dizia q o político de vocação tinha d conjugar um profundo senso de objetividade e senso de proporção com a paixão. não é mto fácil experimentar políticas pq elas mexem com interesses contituídos. e às vezes pode ser algo bem perigoso tipo: “vamos dar uma “flexibilizaçãozinha” no acordo de não-proliferação de armas…”

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.