Matemática ideológica

É absurdo que dois veículos do mesmo grupo, G1 e Globo Online, um estime em “mais de dez mil pessoas” e o outro em “pelo menos seis mil pessoas” o número de manifestantes em SP.

O mínimo que espera de um Grupo de Comunicação é coerência de informação e anaálise. Não é possível e chega mesmo a ser ridículo que, por exemplo, a versão online do jornal O Globo seja chavista (a ponto de omitir as críticas de Chavez e Fidel ao uso do etanol), enquanto a versão impressa, que é o veículo principal, aquele que tem de fato assinantes, tenha uma abordagem mais equilibrada.