Fidel subiu no telhado…

Eu avisei que seria cômico… Lula já correu para dizer que trata-se do “único mito vivo da humanidade”. E quando ele diz “vivo” não está obviamente pretendendo ser irônico, o que só torna a frase ainda mais engraçada. Um mito? Certamente. Mas que a cada ano se revela mais e mais nefasto, por conta do volume crescente de informações sobre a ditadura que comandou.

Também é cômico – e nefasto – ouvir o tal frei Beto tratado pelo UOL como teólogo profetizando sobre a continuidade do socialismo na ilha-cárcere. “Não há nenhum setor significativo dentro da sociedade cubana hoje interessado na volta do capitalismo”. É, talvez de fato não tenha mesmo restado nenhum “setor significativo” na sociedade cubana depois de 49 anos de ditadura.

Mas a pérola do frei vem a seguir. Reparem na contradição: Fidel teria renunciado “para deixar o campo mais livre para uma possível e provável eleição do seu irmão Raúl Castro, que vai substituí-lo nas funções de presidente do Conselho de Estado, presidente do Conselho de Ministros e comandante-chefe da Revolução”. A vocação democrática do frei é inegável, não? Desde que, é claro, o resultado das eleições seja acertado antes.

Eu avisei que seria cômico. Aguardo ansioso um editorial da LulaNews assinado pelo recém-saído da clandestinidade Franklin Martins.