Saída honrosa

Ontem o Itamaraty, ao meso tempo em que anunciava não acatar ultimatos do governo interino de Honduras, tratou de abri uma “janela” para uma “saída honrosa”: cumprirá QUALQUER DETERMINAÇÃO da ONU ou da OEA. Que, claro, pro pressão do próprio Brasil vai solicitar em algum momento a retirada de Zelaya de Honduras, possivelmente como asilado brasileiro.

É uma posta. Vamos ver se ganho.