siga as instruções

“Pegou a folha e com minucioso cuidado a foi dobrando – primeiro, pela metade; depois, de novo, com uma dobra marcou o meio da folha dobrada e fez com que as extremidades superiores cruzassem em diagonal a folha e se encontrassem na linha central; Com o papel que sobrara abaixo das dobras, cobriu-as, dobrando as pontas para dentro, amarrando as dobras. A folha tinha agora a forma de uma seta e tanto podia ser aberta e se tornar um chapéu quanto um copo.
Nesse instante, um calor invadira seu coração gelado: ele queria mais.
De novo juntou as extremidades da folha, formando um losango; dobrando a metade inferior sobre a metade superior, a folha tomou novamente o formato de uma seta, menor e mais grossa. De novo juntou as extremidades, formando novo losango.
Pronto! Abriu lentamente o vértice do losango fazendo desabrochar um barquinho. Um barquinho de papel branco, todo branco.”

Isto é um teste de eficiência descritiva: você consegue reproduzir a operação guiado apenas pela descrição que faço?

(Mais tarde releio e tento melhorar)

2 Comentários

  1. Uma folha retangular, Melissa, dessas comuns… Mas essa descrição está péssima. Use a de cima, a 2, que está um pouco melhor.
    Confesso: achei dificil descrever o processo. Vou procurar no google para ver algum “manual de instrução” só pra ler como outros fizeram.
    Vc já fez um barquinho de papel? É bem mais complexo do que um avião.
    A alternativa talvez seja uma enumeração ilustrada, mas aí, digamos que não valha. A exigência será que seja em prosa a melhor possível.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.