O tempora! O mores!

Li no Reinaldo Azevedo:

O Painel da Folha, editado por Renata Lo Prete, publicou anteontem as duas notas que seguem. Comento depois:

Ataque…
É enorme a pressão para que o ministro Carlos Ayres Britto mude o voto no caso Battisti, ajudando a formar no STF, nesta quarta, maioria favorável ao entendimento de que caberia ao presidente da República a decisão final sobre a extradição.

…especulativo.
Desde a chegada ao Supremo, em 2003, Britto repete a colegas que deve sua indicação em boa medida ao jurista Celso Antonio Bandeira de Mello, contratado pela defesa de Battisti especificamente para influenciar o pupilo.

Já a França se classificou com um gol que começou com o Henry ajeitando a bola com a mão – que ninguém, claro, previu, mas todo mundo viu.

E agora, vai a França, fica o Battisti? Provavelmente…

O tempora! O mores! como diria meu padim padre Cícero…

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.