Bruno di Maio

Descobri o site de Bruno di Maio. Sou apaixonado pelo “hiperrealismo” dele, que remete à Renascença e a Dali. As paisagens discretamente absurdas. A estonteante sensualidade das mulheres. A qualidade da luz. Eis um motivo para ter grana: comprar um quadro de Bruno.

Eu escolho a Giuditta, lá embaixo, no pé da página que você encontra aqui (clique)

(Me dei conta que Giuditta – que nós traduzimos por Judite – soa como “judiazinha”, “judita”)

Vale uma navegada pelo site – e em italiano, que é uma delícia de ler!