Meu adorado Magritte

CAPA

CONTRACAPA
Meu adorado Magritte.

Cada vez detesto mais essa arte que “não conta histórias”, execessivamente “geométrica”.

É emocionante como essa imagem do leão com esse anjo de asas negras representam o conflito em mim entre a  vida e a consciência, essa angústia que busca um sentido além do puro e simples estar vivo.