Vigília

Acordei por acaso mais cedo, às 4, e o silêncio de novo me arrebatou: quis ficar acordado, ouvindo. Ouvindo meu corpo e meus pensamentos, ouvindo a cidade dormindo. A isso também se dá o nome de vigília. Guardo o silêncio, tão rico de minúcias. O silêncio está nos meus movimentos, em me sentir mais dentro do corpo. O silêncio me põe mais em mim. É quase uma aventura que se poderia recomendar a qualquer um: acorde qualquer noite dessas mais cedo para ouvir o silêncio. O silêncio lá fora, o silêncio em você.