da ambígua natureza das coisas

Os versos são
As flores que ofereço.
Sem cor,
Sem perfume,
Eles perduram,
Feito pedras.