[tab:2000]
[ezcol_1third]a cumplicidade das coisas
acaso e vontade
insônia
o chafariz e as flanélias
significados óbvios
nova york
errância
sem piedade
os olhos e a câmera
dois poemas
dia dos ex-namorados
era dia dos namorados
era dia dos namorados 2[/ezcol_1third][ezcol_1third]de sol e silêncio
justiça
fotos de viagem
inverno no rio
vós que paris rosa dos ventos
não há vazio
o apaixonado
amor ao próximo
na casa dos quarenta
a máquina
hamlet à brasileira
pecado original
debret contemporâneo[/ezcol_1third][ezcol_1third_end]as meninas
olimpíadas ainda…
gente de teatro
era uma vez…
era uma vez… (cont.)
brazil com z
gavetas
eleições
grades
eleições americanas
dois contos absurdos e uma (…)
além da linha vermelha
verão[/ezcol_1third_end]
[tab:2001]
[ezcol_1third]fim de ano
a mulher que passa
flores
o gesto imprevisto
sambinhas
a doidinha
o paraíso
tudo é bom
falso inverno
vexames
essa mulher
a estética da revolta
anticrônica
os senhores da guerra
a gentileza da mangueira
os crepúsculos[/ezcol_1third][ezcol_1third]a árvore do josé maria
a ignorância e a burrice
carnaval no rio
oitenta anos
um pretinho de sinal
a estréia de maria clara no céu
burrice, má intenção e fascismo
anjo de asas pretas
carina e antonio
arpa
meu pai
à cidade de nova iorque
apesar de…
coincidência de brumas
branco-azul de jabuticaba
os inescrupulosos[/ezcol_1third][ezcol_1third_end]adão e eva
noites de verão
viagem
só um tapinha
o menino que queria voar
são sifão
a solidão de cada um
tudo tem seu dia
o cidadão perplexo
o brasileiro
o brasil
hoje
beleza americana
espuma branca
três figuras anacrônicas
atentados à inteligência
a ascensão do crepusculismo[/ezcol_1third_end]
[tab:2002]
[ezcol_1third]homem do ano
a rosca assassina
anticarnaval
agora é agora agora
camisinhas
rocha que voa
os bigodes de nietzsche
é hoje
soros/ negri
gisele
devagar com o kaldor
na janela de ônibus
tanta violência, tanta ternura
o quanto pode um cd
palavra tem dono?
medéia às avessas
coisas do futebol
programa de índio[/ezcol_1third][ezcol_1third]horóscopo
chuvas
charutos
o amor e o absurdo
objetos perfeitos
estrelas cadentes
com o tempo…
harmonia e evolução
campeões
rebeldia fashion
quando eu era pequeno
gênios
lugar-comum
matéria da alma
o ofício de escrever
uma vez não é sempre
tirando onda
magia negra[/ezcol_1third][ezcol_1third_end]festa de iemanjá
roseana collor
você é idiota?
papo mandrake
oriente médio
tipos de leitor
trabalho
manuelmente bandeiroso
astronautas
menores
sonhos
lula já
animais de estimação
notas preliminares sobre o amor
os efeitos da chuva
o maior anão do mundo
os benefícios da lua[/ezcol_1third_end]
[tab:2003]
[ezcol_1third]i love my bike
oitavo andar
padarias e botequins
em brancas nuvens
45 anos
alvorada
voyeur do que é seu
fabulosa insignificância
as mulheres e o casamento
eu, você stanislaw, e cartola
i=mc2
meus onze dez mais filmes
felicidade canina
muito prazer, clarah averbuck
o perguntador incômodo
parando de fumar
maio é demais[/ezcol_1third][ezcol_1third]os olhos de oscar
uma vaga e um túmulo
sofia, 15 anos
gato preguiçoso
felicidade de pedra
piercing no nariz
cenas de rua
sob o signo da mudança
o elogio do cochilo
beijo de placa
m’a que dia infeliz
claviculário
perambulando pelo catete
O futuro é um furto
luana e as palmeiras centenárias
chuvas de verão
o rinoceronte na sala[/ezcol_1third][ezcol_1third_end]revolução digital
anti-romântico
amor de carnaval
mário prata e a envelhescência
rosto-espelho
a metafísica dos cifrões
tudo é possível
consistência
divisão das cobertas
macaco, olha o teu rabo
desejo é vida
livros e uma confissão de furto
um pouco de tudo
o lixeiro feliz
cadeias ou escolas?
curral ambulante
olhar bandeirante[/ezcol_1third_end]
[tab:2004]
[ezcol_1third]ano novo só em março
ressaca
ninharias inesquecíveis
dicionários
insônia
a ordem do pau brasil
santa idiotia
a favor do tibete
bloomsday
uma sonata para brando
a casa velha
máquina perversa
jet lag metafísico
amor estragado
atenção e paciência
uma história de amor
aos pais[/ezcol_1third][ezcol_1third]efeitos do sol
tudo nesta vida acaba…
conversa fiada cara
a terra pulsa
morrer rejuvenesce
reality show
laranja da china
“onde estará gin a esta hora?”
no alto do morro
anjo torto
cartier-bresson e borges
o cruel torcedor
das muitas esperas
as rugas
vista cansada
as fúrias
conspiração melífera
vestida de verão[/ezcol_1third][ezcol_1third_end]espelho, espelho meu
feliz aniversário
divinos e maravilhosos
o olho
coisa rara
fé na vida
dos bons amigos
a solidão do craque
dueto
sonhos e nuvens
o eco de uma chama
alma de flor
ainda dá
cheiro de mar
“cole porter airport”
terapêutica e medicinal
conto de natal[/ezcol_1third_end]
[tab:2005]
[ezcol_1third]ano novo, vida nova
dos bípedes municipais
a maçã vermelha
verdades e mentiras
recados
o garoto
à espera
fragmentos
dez dias de silêncio
ulisses
um exemplo para os políticos
o sentido da vida
primavera
assim na terra, como no céu
esboço de metafísica
o gato champanhe
m. l. estefania[/ezcol_1third][ezcol_1third]fidelidade
fumaça branca para um papa negro
quebra-cabeça
veranico
esquerdofrênicos e direitopatas
vida interior
o bom canalha
mais uma tese crepuscular
pesadelo
do trabalho e da preguiça
de nuvem ou de pedra
bolinhos de chuva
vingança e perdão
medo de amar
realidade virtual
epifanias mínimas[/ezcol_1third][ezcol_1third_end]à tua volta
zaratustra da mangueira
pimenta-do-reino
meias, adoro meias
o cronista entrevistado
um papa apocalíptico?
sobre cães e gatos
minha primeira epifania
ironias e golpismos
do sentido da vida
tarde de sol
postais de mim
história chinfrim
festa de casamento
a perfeição é a regra
nome e destino
minha cidade[/ezcol_1third_end]
[tab:2006]
[ezcol_1third]instalação
de abelhas e navios
pais e filhos
a morte da literatura
a visão do porto
carta de um filho a seu pai morto
big-bang!
meu pintor favorito
o desejo encarnado
manhã de inverno
narciso
as casas
fly me to the moon
entre lágrima e urina
futuro promissor
o amor em toda parte
certas nuvens de brasília[/ezcol_1third][ezcol_1third]abacaxis
de letras e formigas
estamos sós
azáfama
anjos interinos
online e em mim
dos sacramentos
a rua enfeitada
as noites
organizando o crime organizado
do silêncio, sim, que às vezes, sinto…
noite fria
irrealismo lunático
o prazer da canelada
ser verbete
pas de deux
as folhas[/ezcol_1third][ezcol_1third_end]o circo
realidade virtual
unplugged
a guerra das sobremesas
carta de um pai morto para seu filho
noca, o tribalista
divagações
fisiologia do amor
a cigana e a alma do parreira
um livro por inteiro
as horas
advertência
a volúpia do absoluto
paz
o silêncio de cada um
sobre a raiva
festa de natal[/ezcol_1third_end]
[tab:2007]
[ezcol_1third]feliz ano novo
a solidão selvagem
conversa íntima
pedras, poemas e pardais
antecipação de maio
sobre relacionamentos
o sonho dos mortos
retrato de época
de volta à taba
carta ao sr. molina
mestre-sala e porta-bandeira
o homem que comia não 1
o milagre das tintas
a conquista da felicidade
edward hopper
manifesto canibal
a lei suprema
presente de natal[/ezcol_1third][ezcol_1third]sonhos de menino
novelas ou versos
carnaval
o perigo de estar certo
o altruísmo sonso
de palavras e flores
saudação a maio
oração de outono
sem despedidas
dos ventos
barco e vento
o homem que comia não 2
notas dispersas entre paredes vazias
crenças e dúvidas
a cidade perplexa
a lição da chuva
fábula
a alma e o mar[/ezcol_1third][ezcol_1third_end]apostas metafísicas
homenagens
inconfidência carioca
um lugar aonde ir
utopia de um homem só
a vontade e o caos
do meio-campo
juventude anacrônica
o brasil está louco
a sandália fujona
dos muitos eus
o silêncio dos domingos
a construção do mundo
formigas
a tirania da pobreza
noturno
queridões[/ezcol_1third_end]
[tab:2008]
[ezcol_1third]um silêncio cinza
de cara nova
dia internacional da goiabada
o amor no trapézio
tropel
a tentação de adão
palavras escritas a mão
o que é o que é?
uma igrejinha
dos amigos
as margaridas
da comovente precariedade de tudo
a história das balinhas
numa esquina de ipanema
botões
soltem a caroline!
dar presente[/ezcol_1third][ezcol_1third]a catedral de fernando pessoa
quando então estaremos salvos
zepelim
udsh!
a sabedoria das nuvens
a verdade das coisas
encontro
noite americana
chocolates
o colecionador
notas de pequim direto do sofá
meditações improvisadas
caranguejos, vassouras e velharias
antes da novela
a reinvenção do feriado
o pai nosso
a gota d’água[/ezcol_1third][ezcol_1third_end]uns brincos
o padrinho
a borboleta no shopping
de pernas para o ar
presente de aniversário
os deuses do  futebol
dois filmes
dias e dias
despedida
um menino
o país da mentira
entre dois silêncios
primavera
último capítulo
manifesto
mais notas sobre o pai nosso
os idiotas[/ezcol_1third_end]
[tab:2009]
[ezcol_1third]
das espécies de origem
das artes da chuva
oração
haicais
versos ao vento
fragmentos
meu pai [/ezcol_1third][ezcol_1third]do muito morrer
da mediunidade dos livros
as meninas
domingo
dos livros velhos
águas frias de futebol e regatas
madrugada[/ezcol_1third][ezcol_1third_end]do bem viver
de portas e ventos
um barco no ar
o show do artur
mar de dentro
a consciência e a vida[/ezcol_1third_end]
[tab:END]