Para quem anda atrás de uma ética

Mensagem de Chico Xavier

Nasceste no lar que precisavas, vestiste o corpo físico que merecias, moras onde melhor Deus te proporcionou, de acordo com teu adiantamento.

Possuis os recursos financeiros coerentes com as tuas necessidades, nem mais, nem menos, mas o justo para as tuas lutas terrenas. Teu ambiente de trabalho é o que elegeste espontaneamente para a tua realização. Teus parentes, amigos são as almas que atraíste, com tua própria afinidade. Portanto, teu destino está constantemente sob teu controle.

Tu escolhes, recolhes, eleges, atrais, buscas, expulsas, modificas tudo aquilo que te rodeia a existência.
Teus pensamentos e vontade são a chave de teus atos e atitudes.
São as fontes de atração e repulsão na tua jornada vivência.

Não reclames nem te faças de vítima.
Antes de tudo, analisa e observa.
A mudança está em tuas mãos.
Reprograma tua meta.
Busca o bem e viverás melhor.
Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um Novo Fim.

Crônica de uma morte anunciada

Desculpem a originalidade do título, mas o assassinato do dissidente russo Alexander Litvinenko foi de fato uma morte anunciada pelo próprio, cuja autoria atribuiu a ninguém menos que o presidente da Rússia, Vladimir Putin.

O assassinato aconteceu em Londres, nas barbas do serviço secreto de um país em guerra com o Iraque e o terrorismo. Ou seja: é um fato gravíssimo, uma violação de território, algo que em situações mais delicadas pode ser interpretado como uma declaração de guerra.

Provavelmente não será visto assim pelo governo britânico. Mas é preciso estar atento. Putin tem relações no mínimo ambíguas com o Irã, foi solidário a Saddam Hussein e não é absurdo presumir que os laços soviéticos com o terrorismo palestino permaneçam.

Privatização já!

Se alguém precisa de argumentos para defender a privatização da petrobras, por exemplo, basta ler a extensa matéria publicada por O Globo, ediçã de domingo, 19/11/06. É uma vergonha. De agosto do ano passado a outubro deste ano, foram 735 contratos e convênios sem licitação com ONGs suspeitíssimas, a maioria aliadas do PT e do governo, num total de 263 milhões de reais. Algo em torno de 120 milhões dólares!

Se a CPI das ONGs sair mesmo, como andou se anunciando, iremos descobrir, claro, que isso é apenas uma “amostragem” de um escãndalo que promete fazer do mensalão uma ninharia.

Sobre o diploma de jornalismo

Em plena era do autodidatismo digital, quando qualquer um munido de micro e banda larga é capaz de se educar, a “inteligência caduca” luta por cotas e diplomas. A mesma “inteligência”, aliás, que fala em “democratização dos meios de comunicação”.

A vocação do Brasil para o atraso é impressionante. Acho q foi o Nelson Rodirgues quem disse q subdesenvolvimento não se improvisa: é obra de séculos.